[POEMA] Lígia – Rafael Caneca

Aproveitando o ensejo das datas comemorativas, hoje são os 4 anos da Liginha, minha sobrinha! Tô longe, mas fica aqui o poema que o titio escreveu pra celebrar o dia que você veio ao mundo, em 16 de maio de 2012.


LÍGIA

Chegaste
Trouxeste alegria
Tu, mini rainha
Deste meu mundo
Dona do meu ser
Pedaço de mim
Me doo pra ti
E me esqueço de tudo
(Tão rápido)
Vens
E me tens
Ao teu lado
Te olhando, calado
No silêncio do choro
A insone calma
A alma feliz
Sou todo de ti
Ou tu és de mim?
Pequenina
Minha menina


Escrevi o poema inspirado na versão instrumental da música Lígia, do Tom Jobim. Quem se interessar, leia-o enquanto ouve a versão abaixo:

E agora a versão com a letra do Tom Jobim:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s